Você provavelmente não sabia, mas Richard Gere foi banido do Oscar por 20 anos por motivo bem específico

Leia também:Estes coadjuvantes roubaram a cena e contrariam expectativas ao serem mais lembrados que os protagonistas

da brapub: Richard Gere ficou impossibilitado de participar do Oscar por duas décadas, apesar de ser um ator premiado e protagonista de algumas das melhores comédias românticas e dramas, como “Uma Linda Mulher” e “Gigolô Americano” entre seus marcos. Mesmo sendo um grande nome, Gere foi chutado para fora do Oscar depois da premiação de 1993.

da fuwin: A expulsão de atores e cineastas como Carmine Caridi, Will Smith e Roman Polanski tem motivos muito diferentes, mas a expulsão de Gere ocorreu em circunstâncias únicas. Na 65ª edição do Oscar, em 1993, Gere entregou o prêmio de Melhor Direção de Arte, que foi para Luciana Arrighi e Ian Whittaker por Retorno a Howard’s End. Durante seu discurso, Gere saiu do roteiro e começou a repreender o governo chinês por seu tratamento aos tibetanos e ao povo chinês.

RelacionadoRyan Reynolds deu mais de 25 ideias e 18 roteiros para Kevin Feige colocar Deadpool no MCU

Você já assistiu ao melhor filme do ano em que nasceu? Confira os títulos vencedores do Oscar desde 1927

Gere, um adepto de longa data do budismo tibetano, tem sido um crítico ferrenho da China há anos, mas na época a situação era muito tensa. Ele disse:

“Com o conhecimento da terrível situação dos direitos humanos na China e no Tibete, eu me questionei se todos nós pensamos enviar amor, verdade e sanidade para Deng Xiaoping agora em Pequim, se talvez ele retirasse suas tropas, as tirasse do Tibete e permitisse que essas pessoas voltem a viver como pessoas livres e independentes.”

Oscar de 2025 tem data anunciada

Esse discurso fez com que Gere fosse proibido de participar da cerimônia do Oscar por 20 anos, bem como uma proibição vitalícia de pisar na China. No entanto, ele foi autorizado a participar da cerimônia de 2003, quando Chicago, em que interpretou o advogado Billy Flynn, foi indicado e ganhou o prêmio de melhor filme.

O ator eventualmente retornou ao Oscar em 2013 para apresentar a categoria de Melhor Trilha Sonora Original e Melhor Canção Original ao lado das co-estrelas Queen Latifah, Renée Zellweger e Catherine Zeta-Jones. Gere comentou dessa vez:

“Aparentemente, fui reabilitado. Parece que se você ficar tempo suficiente [longe], eles esquecem que você foi banido.”


Inscreva-se no canal do IGN Brasil no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Twitch!| Siga Bárbara Castro no Instagram.

Leia também:O fim da série de Halo? Sony Pictures e Apollo podem adquirir Paramount por US$ 26 bilhões