Não dá para explicar o milagroso Real de Ancelotti

Só para assinantesAssine UOLOpiniãoNão dá para explicar o milagroso Real de AncelottiMilton NevesColunista do UOL08/05/2024 18h09

da major betReal Madrid 2 x 1 Bayern de Munique

da melbet casino: Gente, é chover no molhado, claro, mas que delícia é assistir à Champions League.

É mais ou menos como ter uma Copa do Mundo toda temporada.

  • PVC

    Guardiola não precisa torcer contra ninguém

  • Julián Fuks

    Para que olhar e dar palavras à tragédia?

  • Wálter Maierovitch

    Biden pode dar derrota fragorosa a Netanyahu

  • Fernanda Magnotta

    Biden reduz apoio a Israel para conter dano e crise

Isso se a competição europeia não tiver um nível superior ao do o Mundial de seleções.

E o que vimos hoje, no Santiago Bernabéu, foi de cinema!

O Bayern de Munique foi à Espanha com uma proposta clara: a de se retrancar de qualquer forma.

E fez isso de maneira muito consistente durante grande parte dos 90 minutos.

Tanto que Vinicius Júnior fez uma partida brilhante, infernizando a vida de Kimmich, mas parando em defesas milagrosas de Manuel Neuer.

E, como quem não faz toma, é claro que quem saiu na frente foi o Bayern de Munique, com Alphonso Davies.

Continua após a publicidade

Bem, e como Neuer estava inspiradíssimo, parecia que o jogo poderia rolar até amanhã que o Real não marcaria.

Mas, como diz Mauro Beting, goleiro a gente só pode elogiar depois do apito final do árbitro.

E em um chute despretensioso de Vini, o arqueiro alemão de uma Oliver Kahn e soltou a bola nos pés do improvável herói Joselu, aos 43 minutos do segundo tempo.

Aí o estádio virou um inferno, o Real cresceu e o Bayern se retrancou ainda mais.

Parece até que pediu para tomar o gol da virada, marcado mais uma vez por Joselu, aos 46.

Quem explica o milagroso Real de Ancelotti?

Continua após a publicidade

Newsletter

OLHAR APURADO

Uma curadoria diária com as opiniões dos colunistas do UOL sobre os principais assuntos do noticiário.

Quero receber

Que espetáculo, pessoal!

E a pergunta que fica é: quem terá tesão de assistir agora à noite Cobresal e São Paulo? (Risos).

Opine!

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Veja também
Deixe seu comentárioSó para assinantes