Ministério da Saúde incinerou R$ 277 milhões em vacinas da Covid-19 em 2024

KEVIN DAVID/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOAs vacinas estavam armazenadas desde dezembro de 2021, possuindo um prazo de validade de dois anos

da flames.bet casino: O Ministério da Saúde incinerou em 2024 cerca de 6,4 milhões de doses de vacinas da Covid-19 que perderam a validade, avaliados em R$ 227 milhões. Este evento ocorreu após as vacinas, produzidas pela Janssen, que empregam a tecnologia de vetor viral, perderem a validade entre setembro e outubro de 2023. A decisão de descarte desses imunizantes reflete uma mudança no Sistema Único de Saúde (SUS), que passou a priorizar vacinas que utilizam a tecnologia de RNA mensageiro, como as da Pfizer e Moderna. As vacinas em questão estavam armazenadas desde dezembro de 2021, possuindo um prazo de validade de dois anos. A incineração dos lotes foi a ação final tomada após a constatação de que as vacinas não poderiam mais ser utilizadas. Diante dessa situação, o Ministério da Saúde afirmou que está adotando medidas para prevenir o desperdício de vacinas e recursos no futuro.

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp! WhatsApp Leia também Vacinação contra poliomielite começa nesta segunda em São Paulo Ministério da Saúde lança campanha de vacinação contra Covid-19 com doses atualizadas