Menina de 9 anos escreve carta denunciando assédio sexual do padrasto

da cassinos onlineUma menina de 9 anos escreveu uma carta para a mãe denunciando assédio sexual e abusos cometidos pelo padrasto. O homem de 25 anos, que não teve a identidade revelada, foi preso emPatos de Minas, em Minas Gerais, na última quarta-feira,1° de maio.

  • da gráfico pg slotsReceba as principais notícias direto no WhatsApp! Inscreva-se no canal do Terra

Segundo a Polícia Militar de Minas Gerais, no dia 30, a garota guardou a carta na bolsa da mãe e pediu para ela ler o conteúdo. A mãe esqueceu e, no dia seguinte,enquanto estava no trabalho, recebeu mensagens da filha com as conversas, de áudio e vídeo, que mostravam os assédios do padrasto.

Notícias relacionadasSambista sofre importunação sexual depois que realizou procedimentos estéticosSuspeito de ameaçar deputadas mineiras de estupro e morte é preso em PernambucoAssessora parlamentar trans é agredida a pauladas no Rio de Janeiro

“Ao ver as mensagens, a mãe lembrou-se de ler o bilhete e tomou conhecimento dos assédios que a criança havia relatado, acionando a Polícia Militar. O autor estava na residência e foi preso em flagrante pelo delito”, disse a PM em nota.

Em um trecho da carta, publicado pelo Metrópoles, a menina escreveu: “Mãe, sabe hora que você veio aqui embaixo? O L* ficou me olhando de um jeito muito safado. Ele colocou a mão na minha coxa e eu tirei. Depois, ele começou a mexer na parte dele e colocou para fora do short. Isso acontece desde a casa da G*. Lá ele falava que sempre quis g* em mim, só que sempre eu falei não. Quando você ia trabalhar, ele sempre colocava a mão lá e mandava eu ver só que eu falava não”.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!