economia


Descrição de chapéu carro elétrico Manifestantes tentam invadir fábrica da Tesla e entram em confronto com polícia na Alemanha O protesto acontecia na Alemanha; polícia deteve várias pessoas e afirma que recebeu relatos de feridos
  • benefício do assinante

    Você tem 7 acessos por dia para dar de presente. Qualquer pessoa que não é assinante poderá ler.

    benefício do assinante

    Assinantes podem liberar 7 acessos por dia para conteúdos da Folha.

    Já é assinante? Faça seu login ASSINE A FOLHA

    • Copiar link
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

10.mai.2024 às 15h54 Atualizado: 11.mai.2024 à 0h10

  • Ouvir o texto

Berlim (Reuters) | Reuters

Manifestantes contrários à expansão da fábrica Tesla, empresa americana de carros elétricos dos Estados Unidos, em Grünheide, na Alemanha, entraram em confronto com a polícia quando alguns deles tentaram invadir as instalações nesta sexta-feira (10).

Cerca de 800 pessoas participaram do protesto, de acordo com Disrupt Tesla, grupo responsável por organizar o ato e que alega que a expansão prejudicaria o meio ambiente.

Um vídeo da agência de notícias Reuters mostrou dezenas de pessoas usando bonés azuis e máscaras saindo de uma área arborizada e tentando invadir as instalações da empresa, com policiais tentando impedi-los, chegando a fazer o uso de força. Pelo menos um manifestante foi detido.

A polícia confirmou que manifestantes tentaram entrar nas instalações da fábrica, mas foram impedidos, com várias pessoas detidas. Houve relatos de que houve alguns feridos, segundo as autoridades locais.

“Por que a polícia deixa os manifestantes de esquerda saírem tão facilmente?” escreveu Elon Musk, o CEO da Tesla, em post no X, antigo Twitter, do qual também é dono. O bilionário acrescentou na mensagem que os manifestantes não conseguiram invadir.

O vídeo também mostrou pessoal médico ajudando algumas pessoas feridas.

“Estamos aqui hoje para chamar a atenção para a fábrica da Tesla em Grünheide pela destruição ambiental aqui”, disse Ole Becker, porta-voz do Disrupt Tesla, à agência de notícias Reuters.

O grupo também quer chamar a atenção para destruição ambiental em países como Argentina e Bolívia, causada pela mineração de lítio, de acordo com Becker. Lítio é um recurso-chave para baterias de carros elétricos.

Folha Mercado

Receba no seu email o que de mais importante acontece na economia; aberta para não assinantes.

Carregando…

“Protegemos a liberdade de reunião”, disse o porta-voz da polícia de Brandemburgo, na Alemanha, Mario Heinemann, “mas também somos responsáveis pela ordem pública e segurança. Isso significa que também interviremos quando necessário”.

Alguns dos manifestantes danificaram alguns carros da Tesla usando pirotecnia e tinta em um local de armazenamento de carros próximos a eles, afirma o porta-voz da polícia.

A Tesla anunciou, no início desta semana, que fechará a fábrica por um dia, nesta sexta-feira, sem especificar o motivo.

ic_save

ic_share

Leia Mais Ícone fechar

Voltar

Voltar

Voltar

Compartilhe

  • benefício do assinante

    Você tem 7 acessos por dia para dar de presente. Qualquer pessoa que não é assinante poderá ler.

    benefício do assinante

    Assinantes podem liberar 7 acessos por dia para conteúdos da Folha.

    Já é assinante? Faça seu login ASSINE A FOLHA

    • Copiar link
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

  • Alemanha
  • carro elétrico
  • carros
  • Elon Musk
  • Europa
  • tesla

sua assinatura pode valer ainda mais

Você já conhece as vantagens de ser assinante da Folha?Além de ter acesso a reportagens e colunas, você conta com newsletters exclusivas (conheça aqui).Também pode baixar nosso aplicativo gratuito na Apple Store ou na Google Play para receber alertas das principais notícias do dia.A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade. Obrigado!

sua assinatura vale muito

Mais de 180 reportagens e análises publicadas a cada dia. Um time com mais de 200 colunistas e blogueiros. Um jornalismo profissional que fiscaliza o poder público, veicula notícias proveitosas e inspiradoras, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE POR R$ 1,90 NO 1º MÊS

  • Envie sua notícia
  • Erramos?

Endereço da página

  • https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2024/05/manifestantes-tentam-invadir-fabrica-da-tesla-e-entram-em-confronto-com-policia-na-alemanha.shtml
Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Termos e condições Todos os comentários Comente Comentar é exclusividade para assinantes.
Assine a Folha por R$ 1,90 no 1º mês
Compartilhar

  • Facebook
  • Twitter

Responda Denuncie