Annita: para que serve, como tomar, efeitos e bula completa

da casino royale 1967: Vendido em comprimido e em pó (para ser usado com líquido), Annita é composto pela substância nitazoxanida. Este medicamento é indicado para o tratamento dos seguintes problemas:

Gastroenterites virais causadas por Rotavírus e Norovírus;Vermes;Diarreia causada por amebíases intestinais agudas ou disenteria amebiana causada pelo complexo Entamoeba histolytica/dispar;Diarreia causada por Giardia lamblia ou Giardia intestinalis;Diarreia causada por Crysptosporidium parvum;

da simplesbet: Confira, a seguir, todas as informações da bula sobre Annita.

Anitta: para que serve e bula completaPara que serve o Annita?

Annita é composto pela substância nitazoxanida, sendo indicado para o tratamento dos seguintes problemas:

Relacionadas Kaloba: para que serve, como tomar, efeitos e bula completa Ozempic: para que serve, como usar, efeitos e bula completa Toragesic: para que serve, como tomar, efeitos e bula completa Gastroenterites virais causadas por Rotavírus e Norovírus;Vermes;Diarreia causada por amebíases intestinais agudas ou disenteria amebiana causada pelo complexo Entamoeba histolytica/dispar;Diarreia causada por Giardia lamblia ou Giardia intestinalis;Diarreia causada por Crysptosporidium parvum;Como tomar Annita?

Este medicamento deve ser tomado com alimentos, o que garante uma melhor absorção do medicamento.

Suspensão líquida

Antes de usar o medicamento em pó, é necessário seguir um passo a passo. Veja só.

1. Com o frasco ainda fechado, agite-o vigorosamente para solta o pó do fundo.

2. Adicione água fervida ou filtrada, até a marcação indicada no rótulo.

3. Coloque o adaptador para seringa no frasco.

4. Tampe o frasco e, mais uma vez, agite vigorosamente para obtenção de uma suspensão homogênea. Se necessário, adicione novamente água filtrada, até a marcação indicada no rótulo e agite para homogeneizar.

5. O volume da suspensão deve ser medido com a seringa. Ajuste a seringa no orifício da tampa interna do frasco, vire-o de cabeça para baixo e puxe o êmbolo até o volume prescrito por seu médico.

6. A suspensão pode ser administrada diretamente da seringa à boca ou, se desejado, pode ser transferida para a colher antes da administração.

Qualquer quantidade não utilizada da suspensão oral, após o período máximo de armazenamento de sete dias, deve ser descartada.

Atenção: Seringa dosadora para uso exclusivo de Annita suspensão. Após o uso, lave-a em água corrente e guarde-a para a próxima dosagem.

E lembre-se: antes de cada administração, a suspensão deve ser sempre bem agitada.

Indicação – Dosagem – Duração

Gastroenterites virais causadas por rotavírus e norovírus – 0,375 mL (7,5 mg) por kg, duas vezes por dia (a cada 12 horas) – 3 dias consecutivosHelmintíases, amebíase, giardíase, isosporíase, balantidíase, blastocistose – 0,375 mL (7,5 mg) por kg, duas vezes por dia (a cada 12 horas) – 3 dias consecutivosCriptosporidíase em pacientes sem imunodepressão – 0,375 mL (7,5 mg) por kg, duas vezes por dia (a cada 12 horas) – 3 dias consecutivosCriptosporidíase em pacientes imunodeprimidos, se a contagem de CD4 for superior a 50 células/mm3 – 0,375 mL (7,5 mg) por kg, duas vezes por dia (a cada 12 horas) – 14 dias consecutivosCriptosporidíase em pacientes imunodeprimidos, se a contagem de CD4 for inferior a 50 células/mm3 – 0,375 mL (7,5 mg) por kg, duas vezes por dia (a cada 12 horas) – Deve-se manter a medicação por, no mínimo, oito semanas ou até a resolução dos sintomas e negativação dos oocistos

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Comprimido

Assim como a suspensão oral, o comprimido também deve ser tomado com alimentos, o que garante uma elevada absorção do medicamento.

Indicação – Dosagem – Duração

Gastroenterites virais causadas por rotavírus e norovírus – Um comprimido (500 mg), duas vezes por dia (a cada 12 horas) – 3 dias consecutivosHelmintíases, amebíase, giardíase, isosporíase, balantidíase, blastocistose – Um comprimido (500 mg), duas vezes por dia (a cada 12 horas) – 3 dias consecutivosCriptosporidíase em pacientes sem imunodepressão – Um comprimido (500 mg), duas vezes por dia (a cada 12 horas) – 3 dias consecutivosCriptosporidíase em pacientes imunodeprimidos, se a contagem de CD4 for superior a 50 células/mm3 – Um ou dois comprimidos (500 a 1000 mg), duas vezes por dia (a cada 12 horas) – 14 dias consecutivosCriptosporidíase em pacientes imunodeprimidos, se a contagem de CD4 for inferior a 50 células/mm3 – Um ou dois comprimidos (500 a 1000 mg), duas vezes por dia (a cada 12 horas) – Deve-se manter a medicação por, no mínimo, oito semanas ou até a resolução dos sintomas e negativação dos oocistos

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Importante: este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Quais as diferenças do uso em adultos e crianças ou bebês?

Não há estudos com pacientes acima de 65 anos. Portanto, ao prescrever Annita®, o profissional da saúde deve considerar a capacidade renal, hepática e cardíaca do paciente, assim como a presença de outras doenças e a utilização concomitante de outros fármacos.

Comprimido

É contraindicado para crianças menores de 12 anos de idade.

Solução oral

Indicado para crianças a partir de 1 ano até adultos com 65 anos.

Quais os possíveis efeitos colaterais e reações de Annita?

Reações comuns (ocorrem entre 1% e 10 % dos pacientes que utilizam este medicamento): dor abdominal do tipo cólica, diarreia, náusea (enjoo), vômito e dor de cabeça.

Reações incomuns (ocorrem entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): reação alérgica, aumento dos níveis sanguíneos de transaminase glutâmica pirúvica (uma enzima do fígado), anemia, aumento do apetite, aumento da creatinina no sangue, hiperidrose (transpiração excessiva), tontura, coloração amarelo claro no olho, febre, flatulência (gases), hipertensão (aumento da pressão arterial), prurido (coceira), rinite, aumento das glândulas salivares, taquicardia (aceleração dos batimentos cardíacos), coloração amarelada ou amarelo-esverdeada da urina ou esperma.

Além disso, vale saber que Annita pode produzir alteração da cor dos fluidos fisiológicos (como urina e esperma, por exemplo) para amarelo esverdeado, sem qualquer significado clínico. Isto se deve à coloração de alguns dos componentes da fórmula. Se a cor alterada persistir após o término do uso do medicamento, procure o médico.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Annita dá sono?

Não.

Quais as contraindicações de Annita? Quem não deve tomar?

Não é recomendado o uso deste medicamento caso você apresente as seguintes condições:

Doenças hepáticas (no fígado) ou doença renal;Hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da fórmula.

Suspensão Oral

Annita é contraindicado para menores de 1 ano.

Comprimido

Annita não é recomendado para menores de 12 anos.

Grávida pode tomar Annita?

Este medicamento só deve ser usado durante a gravidez se o médico avaliar que os benefícios justificam o risco potencial para o feto.

Interação medicamentosa: pode tomar Annita com outros medicamentos?

Interação medicamento-medicamento

O uso de Annita® com anticoagulantes cumarínicos como a varfarina e com o anticonvulsivante fenitoína deve ser avaliado com cautela porque são fármacos de elevada taxa de ligação às proteínas plasmáticas.

Não existem interações significativas da Annita com o citocromo CYP 450. Entretanto, o fármaco tem alta taxa de ligação às proteínas plasmáticas e, deve-se ter cautela no caso de administração de outros fármacos que também apresentam essa mesma condição.

Interação medicamento-alimento

A ingestão da nitazoxanida junto com alimentos aumenta a absorção do medicamento. Por isso, é indicado usar o medicamento junto com alguma comida.

Além disso, informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Que cuidados são necessários ao tomar Annita?

Lactação (amamentação)

Este medicamento somente deve ser utilizado por mulheres que estejam amamentando se o médico avaliar que os benefícios justificam o risco potencial para o lactente (criança que está sendo amamentada).

Gravidez

Já na gravidez, a mesma indicação: Annita só deve ser usado durante a gravidez se o médico avaliar que os benefícios justificam o risco potencial para o feto.

Como o Annita age?

Este medicamento é usado no tratamento contra vermes por meio da inibição de uma enzima indispensável à vida do parasita. O mesmo parece ocorrer em relação aos protozoários, embora outros mecanismos ainda não totalmente esclarecidos possam estar envolvidos.

A ação sobre vírus se dá através da inibição da síntese da estrutura viral, bloqueando a habilidade do vírus de se multiplicar. O tempo médio de ação do medicamento está estimado entre duas a quatro horas após a sua administração.

Precisa de receita médica para comprar Annita?

Não precisa.

Como armazenar Annita?

Este medicamento deve ser guardado em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), em sua embalagem original. Também é importante protegê-lo da umidade.

Suspensão oral: Após o uso deste medicamento, a suspensão oral deve ser mantida firmemente fechada. A suspensão oral deve ser consumida em até sete dias após reconstituição (mistura do pó no líquido). Após reconstituição, a suspensão oral deve ser mantida firmemente fechada.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

O que fazer caso tenha esquecido de tomar Annita?

Se você esquecer de tomar o medicamento, é indicado tomar a dose esquecida imediatamente e continuar o tratamento regularmente. Caso já esteja perto do horário da próxima dose, desconsiderar a dose esquecida e continuar o tratamento tomando a próxima dose no horário habitual. Não duplique as doses para compensar eventuais esquecimentos.

E em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

O que pode acontecer em caso de superdosagem?

Os sintomas de uma superdosagem são locais, ou seja, no aparelho digestivo. Os principais sinais são:

Dores abdominais;Náusea;Vômito;Diarreia.

Por isso, pode-se proceder a lavagem gástrica e o uso de hidróxido de alumínio com magnésio.

Portanto, em caso de uso excessivo de Annita, procure ajuda médica imediatamente e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Fonte: Revisão técnica do texto feita por: Dra. Maria Aparecida Nicoletti, farmacêutica responsável pela FARMAUSP (Farmácia Universitária da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo).